Dieta macrobiótica – compre alimentos aqui! - Natue

Artigos > Dieta Macrobiótica

Dieta Macrobiótica – Saiba tudo sobre o tema na Natue!

O que é? Quais benefícios? Como fazer? Essa e outras respostas aqui!

O que é dieta macrobiótica?

A macrobiótica é mais do que um regime alimentar, é um estilo de vida que tem como principio viver em harmonia com a natureza, obtendo saúde física e bem-estar mental. A alimentação macrobiótica é baseada na filosofia chinesa do yin e yang (energias opostas que se complementam entre si). Desta forma, prioriza alimentos que têm uma energia neutra e um equilíbrio entre o sódio e potássio. Além disso, a dieta macrobiótica também é utilizada como forma de tratamento para alguns tipos de doença/distúrbios, balanceando o organismo, por meio do princípio chinês. Neste caso, para tratar distúrbios com predominância yin utiliza-se alimentos mais yang, e vice-versa.

A dieta macrobiótica prioriza alimentos integrais e orgânicos, minimamente processados, evitando produtos alimentícios refinados, ricos em aditivos químicos. Além disso, para manter o equilíbrio, evita-se alimentos yin como açúcar branco, mel, cafeína e álcool, e os alimentos yang como como carnes e ovos.

Dieta macrobiótica – cardápio:

O cardápio da dieta macrobiótica possui forte influência da cozinha asiática. Deste modo, alimentos como arroz, algas marinhas, condimentos como misso, tamari, e raízes como a de lótus são tidas como alimentos macrobióticos.

Os cerais integrais são priorizados no cardápio macrobiótico, sendo que algumas dietas mais restritivas possuem um cardápio 100% à base de cereais, principalmente o arroz integral, considerado o alimento mais perfeito, pela filosofia. Isto porque o arroz integral possui o equilíbrio entre sódio e potássio e yin/yang.

Confira alguns exemplos de alimentos macrobióticos que são priorizados neste tipo de dieta:

  • Cereais integrais: arroz integral, centeio, aveia, cevada, painço, etc.;
  • Sopas: que devem ser preparadas com vegetais, algas e leguminosas;
  • Legumes e verduras: couve, brócolis, agrião, cenoura, etc.;
  • Leguminosas: feijão azuki, grão de bico e lentilha, etc;
  • Algas marinhas: nori, agar-agar, etc.

Alimentos como peixes, frutas e frutas secas devem ser consumidos com menos frequência nesse tipo de cardápio, pois são considerados yin. Além disso, deve-se dar preferência a frutas da estação, e estas não podem ser cultivadas à base de agrotóxicos ou de outros produtos químicos.

Quais alimentos devem ser evitados nessa dieta?

Alimentos com corantes, conservantes, grãos refinados, alimentos processados, condimentos picantes, bebidas alcoólicas, açúcar refinado, chocolate, mel, café, gordura animal, etc., devem ficar de fora da alimentação macrobiótica. Além do consumo de leite e derivados, e ovos.

Vantagens da dieta macrobiótica:

As vantagens dessa dieta é que a mesma pode ser adaptada a cada pessoa, levando em consideração o sexo, a idade, o tipo de atividade física que a pessoa pratica, doenças, etc.

Desvantagens da dieta macrobiótica:

Alguns níveis da alimentação macrobiótica podem ser bem restritivos, incluindo apenas arroz, por exemplo. Neste caso, assim como outras dietas muito restritivas, o cardápio não irá fornecer todos os nutrientes de que o nosso corpo precisa, o que pode trazer diversas consequências.

Benefícios da dieta macrobiótica:

A alimentação macrobiótica vem sendo associada à prevenção de diversas doenças, por ser baseada em produtos naturais. Embora exista poucos estudos sobre esse tipo de dieta e os seus reais benefícios para a saúde humana, sabe-se que uma alimentação rica em vegetais, sem aditivos químicos e pobre em carnes é satisfatória para a saúde cardiovascular, controle dos níveis de colesterol e prevenção de diversas outras doenças.

Contraindicações da dieta macrobiótica:

Não há contraindicações para esse tipo de dieta, mas lembre-se que qualquer mudança no padrão alimentar deve ser feita sob orientação de nutricionista e médico, especialmente em dietas muitas restritivas.

Dieta macrobiótica emagrece?

Algumas pessoas adotam a dieta macrobiótica para emagrecer, já que os alimentos são pobres em açúcares refinados e gorduras saturadas, além de serem fontes de fibras, colaborando para a sensação de saciedade e o bom funcionamento intestinal. Estas e muitas outras características deste padrão alimentar possibilitam a utilização da dieta macrobiótica para emagrecer.

Dieta macrobiótica x Vegetarianismo

Será que a dieta macrobiótica é sempre uma dieta vegetariana? Embora ela evite carnes e outros ingredientes de origem animal e preconize alimentos vegetais, algumas pessoas que seguem a alimentação macrobiótica comem carnes brancas. Além disso, ela indica alimentos que devem ser evitados, no entanto, nem sempre, estes alimentos são excluídos, diferente das dietas vegetarianas, que excluem totalmente as carnes do cardápio.

Aqui nesta seção, você pode comprar produtos macrobióticos para obter seus benefícios. No nosso site, você encontra alimentos como aveia, lentilha, algas marinhas e muito mais, para deixar sua alimentação mais equilibrada e gostosa. E ainda confere nossas deliciosas receitas macrobióticas. Confira!




Quer saber mais sobre Dieta Macrobiótica?


TÓPICOS RELACIONADOS
Pão fatiado sem glútenBLOG
Dieta sem glúten, moda ou necessidade?
+ SAIBA MAIS
Cesta de vegetaisBLOG
Como fazer uma dieta detox
+ SAIBA MAIS
BeterrabaARTIGOS
Beterraba: Quais são seus benefícios!
+ SAIBA MAIS
Médico segurando maçãARTIGOS
Anemia: O que é como tratar?
+ SAIBA MAIS

PRODUTOS RELACIONADOS
Pote de goji berryGoji Berry Desidratada
Nu3

De: R$53,90
Por: R$35,90
Pote de cha verdeInstantâneo Chá Verde
Nu3

De: R$23,70
Por: R$19,00
Saquinho de bala de algaBalas de algas
Sweet Jelly

Por: R$7,60
Caixa de aveia em flocosAveia em flocos orgânica
Monama

Por: R$17,90