Hipertensão: Saiba mais sobre o tema – Natue

Artigos > Hipertensão

Hipertensão – Saiba tudo sobre o tema na Natue!

O que é? Qual a pressão ideal? Essa e outras respostas aqui!

Hipertensão


Coração em papel

Também conhecida como pressão alta, a hipertensão é considerada um problema de saúde pública que atinge milhares de pessoas. Por exemplo, a má alimentação, como o excesso de sal na dieta, é um dos fatores que desencadeia esta doença. Aproveite para conhecer mais sobre o assunto aqui e saiba como cuidar da pressão arterial.

O que é Hipertensão?

A hipertensão é caracterizada pelo aumento significativo da pressão arterial, quando se encontra igual ou superior a 14 por 9. Este aumento pode estar relacionado com maus hábitos alimentares, sedentarismo, obesidade, doenças, hereditariedade, idade ou uso prolongado de medicamentos, mas principalmente pela contração do vaso sanguíneo. Em outras palavras, pode-se dizer que o nosso vaso sanguíneo é como uma mangueira, só que no lugar da água, corre o nosso sangue. Quando pressionamos a mangueira de alguma forma, a água fica presa e passa a aumentar a pressão, ou seja, o mesmo ocorre com o nosso vaso sanguíneo, quando ele está contraído, o sangue não consegue circular corretamente, aumentando assim a pressão dentro do vaso.

O diagnóstico da hipertensão se dá pela medição da pressão arterial por um médico ou outro profissional da saúde, devidamente capacitado, sendo necessário que se faça a monitoração constante. Porém, para não haver erros ou enganos na hora de medida, algumas dicas são importantes:

  • Antes de medir a pressão a pessoa deve ficar em repouso por no mínimo cinco minutos;
  • Evitar que esteja com a bexiga cheia;
  • Não praticar exercícios físicos uma hora antes;
  • Não consumir bebidas alcoólicas, não fumar e evitar o consumo de café, chocolate e alimentos estimulantes 30 minutos antes;
  • Manter as pernas descruzadas, pés no chão, dorso recostado na cadeira e ficar relaxado;
  • Evitar roupas muito justas;
  • Posicionar o braço adequadamente na altura do coração;
  • Não falar durante a medida.

 

Caso tenha alterações, deve-se procurar um médico para cuidar da pressão e iniciar o tratamento adequado, podendo ser utilizado ou não medicamentos para pressão alta. Quando descoberto no início, muitas vezes pequenas mudanças no estilo de vida serão suficientes, sem a necessidade do tratamento medicamentoso. Portando, não descuide da sua saúde e em caso de dúvidas consulte sempre o seu médico.

Qual o valor ideal da pressão arterial?

Segundo as diretrizes de hipertensão, os valores de referência da pressão arterial podem ser classificados em:

  • Ótima: 120/80 mmHg;
  • Normal: <130-<85 mmHg;
  • Limítrofe 130-139/85-89 mmHg,
  • Para pessoas com risco de diabetes e doença renal, o valor ideal para pressão arterial é: <130 x 80 mmHg

Em idosos, é natural que se tenha um aumento da pressão arterial com o decorrer do tempo, devido à rigidez dos vasos sanguíneos.

Quais são os problemas da pressão arterial alta?

Os problemas causados pela pressão alta são muitos, podendo acarretar em complicações como: risco para doença cardiovascular, doença arterial coronariana, acidente vascular cerebral, insuficiência cardíaca, problemas nos rins, hipertensão e doença vascular de extremidades.

Além disso, quando não tratada, a pressão alta causa impotência sexual, já que endurece os vasos do pênis, prejudicando a atividade sexual. O uso de remédios para o tratamento da pressão alta não costumam interferir na sexualidade, porém se acontecer alguma alteração, é preciso entrar em contato com o seu médico.

Quais são os tipos de gorduras presentes no sangue?

Os tipos de gordura circulantes na corrente sanguínea são: triglicerídeos, LDL (considerado “colesterol ruim”), VLDL e o HDL (considerado “colesterol bom”). Essas gorduras podem ser de origem endógena, ou seja, são produzidas pelo nosso organismo ou de origem exógena, proveniente dos alimentos. Vale lembrar que as gorduras são importantes para o funcionamento do nosso organismo e passam a ser prejudiciais quando apresentam-se em excesso.

O colesterol, por exemplo, atua como percursor de hormônios, ácidos biliares e de vitamina D. Seu excesso pode estar relacionado por um problema endógeno (produção aumentada pelo organismo) ou exógeno, através de excesso no consumo de alimentos muito gordurosos. 

Tanto o LDL quanto o VLDL são responsáveis por transportar as gorduras para dentro das artérias, e em excesso podem acarretar no entupimento dos vasos e prejudicar a circulação do sangue pelo nosso corpo.

Já o HDL é responsável por transportar as gorduras para o fígado, local em que são metabolizadas e em seguida eliminadas do nosso corpo, por isso é considerado um tipo de colesterol bom.

O aumento das concentrações de triglicerídeos no sangue está diretamente ligado ao aparecimento de doenças cardiovasculares (angina, infarto) entre outras.

 Desta forma, pode-se dizer que triglicérides alto, aumento do LDL e baixos níveis de HDL, podem estar relacionados com o aumento da pressão arterial.

Como baixar minha pressão?

Pequenas mudanças no dia-dia auxiliam bastante na redução da pressão arterial. Confira:

  • Comece diminuindo gradativamente a adição de sal nas preparações de alimentos;
  • Retire o saleiro de cima da mesa para evitar o excesso de sódio;
  • Deve-se também evitar o consumo de alimentos industrializados ricos em gordura e com alto teor de sódio como, por exemplo, os embutidos (salsicha, linguiça, presunto, molhos prontos e etc.)
  • Substitua os doces concentrados por frutas da época;
  • Utilize preferencialmente temperos naturais (alho, cebola, coentro, salsa entre outros);
  • Abuse de frutas, legumes e saladas;
  • Prefira os alimentos integrais;
  • Consuma de seis a oito copos de água por dia;
  • Prefira leite e derivados desnatados.
  • Diminua o consumo de bebidas alcoólicas e abandone o fumo;
  • Evite o estresse;

Suplementos para controlar a pressão arterial

Além da mudança nos hábitos alimentares, alguns suplementos podem agir como aliados na prevenção e tratamento da hipertensão, confira!

  • Magnésio: esse mineral participa da produção de óxido nítrico que é responsável pelo relaxamento dos vasos sanguíneos;
  • Ômega-3: reduz a gordura circulante na corrente sanguínea (triglicerídeos) evitando o seu acúmulo nos vasos e o entupimento dos mesmos;
  • Chá de hibisco: também conhecido como chá para pressão alta, é rico em antioxidantes podendo ser comparado a uva e o vinho tinto. Os antioxidantes são capazes de neutralizar os radicais livres prevenindo a aparecimento de doenças, além disso, reduzem a oxidação do LDL (colesterol ruim), colesterol total e triglicérides, diminui a pressão nas artérias e combate a retenção hídrica.

Vale lembrar ainda que antes de fazer o uso de qualquer medicamento e/ou suplemento, é necessário consultar um médico e um nutricionista.




Quer saber mais sobre Hipertensão?


TÓPICOS RELACIONADOS
Exercício de correrBlog
5 mitos que você precisa saber sobre exercícios aeróbicos
+ SAIBA MAIS
Mulher bulimia no banheiroBLOG
Bulimia Nervosa: saiba tudo aqui!
+ SAIBA MAIS
Copo detoxARTIGOS
Detox: Saiba tudo aqui!
+ SAIBA MAIS
Salada e LegumesBLOG
6 dicas para emagrecer com saúde
+ SAIBA MAIS

PRODUTOS RELACIONADOS
Ômega 3 em cápsulasÔmega 3
Fortvitta

De: R$33,99
Por: R$30,50
Caixa TermolenTermolen
Equaliv

Por: R$52,90
Goji berry da nu3 em lataGoji Berry Premium Desidratada
Nu3

De: R$53,90
Por: R$35,90
Beauty DrinkBeauty Drink
Beauty'in

De: R$7,90
Por: R$6,95