Alimentação vegetariana na infância

2 anos atrás  Por  Equipe Natue     Sem Comentários

Alimentação vegetariana

A alimentação vegetariana está cada vez mais comum, no entanto, quando o assunto são as crianças vegetarianas, surgem muitas dúvidas: esse tipo de dieta pode levar à deficiências nutricionais ou prejudicar o desenvolvimento da criança? Embora as respostas dependam de uma série de fatores, especialistas afirmam que se a alimentação for rica e variada e se criança for acompanhada por um nutricionista, a dieta vegetariana não trará problemas.

O que é o vegetarianismo?

O vegetarianismo é uma opção alimentar na qual não se consome alimentos de origem animal. Há quatro tipos de vegetarianismo:

  • Ovolactovegetarianismo: há o consumo de ovos, leite e laticínios.
  • Lactovegetarianismo: há o consumo de leite e laticínios, mas restringem-se os ovos.
  • Ovovegetarianismo: consomem-se apenas os ovos, restringindo-se o leite e seu derivados.
  • Vegetarianismo estrito ou vegano: não se utiliza nenhum produto de origem animal na alimentação, como o mel, corantes obtidos a partir de animais, ovos, leite e derivados.

A exclusão da carne na alimentação pode colaborar para a prevenção de doenças como hipertensão, diabetes, obesidade e alguns tipos de câncer, já que nesse tipo de dieta há baixa ingestão de gordura saturada e colesterol. O elevado consumo de frutas, verduras e legumes fornece antioxidantes que também podem ajudar na prevenção dessas doenças.

Dieta vegetariana para crianças

Especialistas em nutrição infantil afirmam que seguir uma dieta vegetariana não oferece nenhum risco ao desenvolvimento das crianças, desde que a alimentação seja equilibrada. Além disso, é importante acompanhamento dos níveis de alguns nutrientes no sangue, principalmente o cálcio, ferro, zinco, ômega 3, vitamina B12 e vitamina D.

Desde a gestação e amamentação, a mãe deve ter uma dieta bem variada para que a criança possa aceitar melhor os alimentos durante a introdução alimentar. Após o desmame, deve-se oferecer diversos alimentos para suprir as necessidades nutricionais da criança.

Nutrientes importantes para criança vegetariana

Durante a infância, todos os nutrientes são importantes para garantir um desenvolvimento adequado, mas na dieta vegetariana é preciso atenção a alguns deles. Confira:

Cálcio: as principais fontes de cálcio são o leite e seus derivados, por isso é preciso garantir a ingestão de suas fontes vegetais, embora a absorção pelo organismo não seja tão boa. Priorize vegetais de cor verde-escuro, como couve, espinafre e brócolis. Tofu, nozes, sementes de gergelim, linhaça e chia, grão-de-bico, feijões e aveia também oferecem o mineral.

Ferro: o ferro mais bem absorvido pelo organismo é o proveniente das carnes. Entretanto, esse mineral também pode ser encontrado em boas quantidades nas leguminosas, como ervilha, feijões, grão-de-bico e soja, além de vegetais verde-escuros, cacau e frutas secas. Para aumentar a quantidade absorvida, ofereça esses alimentos às crianças acompanhados de fontes de vitamina C, como as frutas cítricas.

Zinco: as melhores fontes vegetais de zinco são as leguminosas, as oleaginosas, as sementes, as frutas secas e a aveia. No caso das leguminosas, para que o zinco seja bem absorvido é necessário deixá-las de molho antes do preparo (por cerca de 12 a 24 horas), trocando a água no momento do cozimento. Dessa forma, eliminam-se os fitatos responsáveis por atrapalhar a absorção do mineral.

Proteínas: para as crianças que consomem ovos, leite e derivados, essas seriam as melhores fontes desse nutriente. Para aquelas que não os consomem, as proteínas podem ser encontradas em oleaginosas como o pistache, a amêndoa e a castanha de caju, na quinoa, na aveia e nas leguminosas. Uma das melhores combinações proteicas é a combinação de cereais com leguminosas, como o arroz com feijão. Em relação à soja, embora possua quantidades significativas de proteínas, seu consumo não é indicado para crianças, devido à sua ação hormonal.

Ômega-3: o consumo das sementes e dos óleos de chia e de linhaça pode ajudar a suprir as necessidades diárias de ômega-3.

Vitamina D: tomar sol com moderação facilita a produção de vitamina D. Entretanto, a suplementação pode ser necessária em caso de níveis baixos dessa vitamina no sangue.

Vitamina B12: único dos nutrientes encontrado apenas na carne. Em caso de deficiência, devem ser prescritos suplementos.

Lembre-se que o prato das crianças deve ser colorido e variado para manter a oferta necessária de nutrientes. Além disso, deve-se estar atento ao consumo adequado de água, já que a dieta vegetariana tende a ser muito rica em fibras.

Summary
Article Name
Alimentação vegetariana na infância
Author
Description
Confira tudo sobre alimentação vegetariana na infância e como prevenir deficiências nutricionais, garantindo adequado crescimento e desenvolvimento dos pequenos
Menu Blog
x