Alimentos fermentados: quais os benefícios para a saúde?

2 semanas atrás  Por  Equipe Natue     Sem Comentários

alimentos fermentados

Os alimentos fermentados fazem parte da nossa alimentação, muitas vezes sem percebermos, como é o caso de pães, do vinho e da cerveja. A fermentação de alimentos é um processo antigo, realizado por diferentes culturas para conservar alimentos e para melhorar a saúde de forma geral.

Trata-se de um processo que utiliza micro-organismos como bactérias benéficas, bolores ou leveduras para degradar proteínas e açúcares, alterando o sabor e a textura dos alimentos.

No entanto, alguns alimentos fermentados ganharam popularidade nos últimos tempos devido aos benefícios que oferecem para nossa saúde. Quer saber quais são eles?

Principais alimentos fermentados

  • Tempeh: é uma massa branca compacta muito consumida por vegetarianos e veganos, obtida a partir de sementes de soja, ervilha e outros grãos fermentados pelo fungo do gênero Rhizopus.
  • Kimchi: hortaliças fermentadas típicas da culínária coreana.
  • Kombucha: é uma bebida feita a partir de chá, principalmente preto ou verde, adicionado de uma cultura de bactérias e leveduras e açúcar, sofrendo fermentação.
  • Kefir: é obtido através da adição da cultura ao leite de vaca, búfala, cabra ou ovelha, processo que reduz o teor de lactose, pois as bactérias e leveduras consomem o açúcar do leite. Possui aparência semelhante à do iogurte.

Também existe o kefir de água, que pode ser adicionado a água ou água de coco.

  • Chucrute ou sauerkraut: prato comum na culinária alemã, feito a partir de repolho.
  • Missô: é uma pasta de soja fermentada, frequentemente utilizada na culinária oriental
  • Natto: é um prato típico japonês, que consiste no grão de soja fermentado
  • Iogurte natural
  • Queijos de ovelha ou cabra não pasteurizados
  • Vinagre orgânico de maçã

A importância da microbiota intestinal

A importância do intestino vai muito além da digestão dos alimentos. Hoje em dia, muitos pesquisadores referem-se ao intestino como o segundo cérebro, pois grande parte da produção de serotonina ocorre nesse órgão.

Um equilíbrio entre bactérias probióticas (consideradas do bem) e patógenas é essencial para manutenção do bem-estar físico, mental e emocional, podendo ajudar a prevenir doenças, entre elas o diabetes do tipo 2, e o desenvolvimento de distúrbios com o Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH), dificuldades de aprendizagem e autismo em crianças. Ainda, os probióticos podem ajudar a combater a obesidade.

Quais os benefícios dos alimentos fermentados?

Além de equilibrar a microbiota intestinal, o consumo de alimentos fermentados oferece outros benefícios:

– Facilitam a digestão dos alimentos, pois os micro-organismos fermentadores degradam açúcares e proteínas em moléculas menores.

– Aumentam a biodisponibilidade de nutrientes, pois no processo de fermentação muitos fatores antinutricionais são degradados. Além disso, a fermentação pode aumentar a concentração de vitaminas e minerais.

– Melhoram a imunidade, pois alimentos fermentados são ricos em bactérias probióticas, essenciais para o bom funcionamento do sistema imunológico da mucosa do sistema digestório, ajudando na produção de anticorpos que combatem agentes patogênicos.

– Favorecem o processo de detoxificação, pois os alimentos fermentados são excelentes quelantes de toxinas e metais pesados, facilitando sua eliminação pelo organismo.

– Auxiliam a modular o humor, podendo prevenir ou tratar depressão e ansiedade.

– Contribuem para a reposição da microbiota intestinal após o uso de antibióticos.

Além disso, os alimentos fermentados podem oferecer uma diversidade e uma quantidade maiores de probióticos do que os suplementos, por um preço mais baixo.

Por outro lado, a suplementação garante a qualidade das cepas de micro-organismos, e permite que você saiba exatamente quais bactérias está ingerindo.

Como adicionar alimentos fermentados à alimentação?

O ideal é que você introduza esses alimentos aos poucos para que sua microbiota intestinal tenha chance de se adaptar. Comece com porções pequenas e vá aumentando gradativamente até chegar a meia xícara de chá.

Também é importante ingerir uma variedade de alimentos e bebidas fermentadas, pois cada um deles possui uma diferente combinação de micro-organismos.

Summary
Article Name
Alimentos fermentados: quais os benefícios para a saúde?
Author
Description
Conheça os principais alimentos fermentados, ricos em micro-organismos que oferecem benefícios para a saúde, e saiba como introduzi-los em sua alimentação.
Menu Blog
x