Anemia infantil: o que você precisa saber

1 ano atrás  Por  Equipe Natue     Sem Comentários

Anemia

O que é anemia?

A anemia é uma condição de causa genética ou adquirida, na qual há uma diminuição da hemoglobina do sangue, responsável por sua coloração avermelhada e pelo transporte de oxigênio para todas as células do organismo. Também pode ser causada pela deficiência na produção de hemácias (glóbulos vermelhos).

Tipos de anemia

Os tipos de anemia mais comuns são:

  • Anemia ferropriva: decorre da falta de ferro no organismo e é a mais prevalente no Brasil e no mundo.
  • Anemia aplástica: doença autoimune em que a medula óssea diminui a produção de células sanguínea.
  • Anemia perniciosa ou megaloblástica: causada pela deficiência de vitamina B12 ou de ácido fólico.
  • Talassemia: genética, hereditária, refere-se à diminuição na produção de células vermelhas saudáveis.
  • Anemia hemolítica: causada por problemas ou doenças que destroem as células vermelhas, como infecções e doenças autoimunes.
  • Anemia falciforme: genética, hereditária, está relacionada com a má formação das hemácias, dificultando o transporte de oxigênio. É diagnosticada com o teste do pezinho.

Meu filho está com anemia, e agora?

A primeira coisa a saber é com que tipo de anemia ele foi diagnosticado, já que o tratamento é diferente para cada uma delas. As de caráter genético têm exames específicos para que sejam diagnosticadas e em geral são detectadas logo após o nascimento. Já as carenciais, que ocorrem por falta de nutrientes, tendem a aparecer após o período de amamentação.

No Brasil, a anemia infantil mais comum é a ferropriva, decorrente da falta de ferro no organismo. A carência desse mineral pode ocorrer pela baixa ingestão de alimentos fontes pela criança ou pela sua pouca absorção pelo organismo. Nem sempre a anemia ferropriva apresenta sintomas. Os mais comuns, quando há, são cansaço, apatia, palidez e falta de atenção. Para diagnóstico da anemia ferropriva são solicitados os exames hemograma, ferritina e ferro sérico.

De 0 a 6 meses, com aleitamento materno exclusivo, o bebê tem todo o suprimento de ferro de que precisa. Entretanto, quando começa a ingerir outros alimentos, muitas vezes o aporte de ferro é pequeno. É necessário observar se a quantidade necessária de ferro está sendo consumida, já que de acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, de 30% a 50% dos lactentes apresentam deficiência desse mineral.

Durante a infância, a criança passa por fases aceleradas de desenvolvimento, sendo necessário o consumo aumentado de alimentos fontes de ferro, para dar conta das demandas do crescimento.

Como tratar anemia ferropriva?

Caso realmente esteja faltando ferro no organismo da criança, o principal tratamento baseia-se na suplementação medicamentosa de ferro, na forma de sulfato ferroso ou ferro quelato.  A alimentação rica em ferro também pode auxiliar no tratamento e a prevenir recaídas.

Alimentos ricos em ferro

Os alimentos para anemia podem ser tanto de origem animal quanto vegetal, confira:

De origem animal:

  • Carne vermelha
  • Carnes brancas
  • Vísceras
  • Crustáceos
  • Gema de ovo

De origem vegetal:

  • Tofu
  • Castanhas
  • Frutas secas
  • Linhaça
  • Gergelim
  • Vegetais folhosos (como couve, espinafre e agrião)
  • Leguminosas (como feijão, ervilha, grão de bico, lentilha)
  • Cereais integrais
  • Cacau

A partir dos 6 meses de idade, quando o bebê passa a ingerir outros alimentos além do leite materno, inclua sempre em sua alimentação alimentos fontes de ferro. Nas papinhas deve estar presente sempre um vegetal verde-escuro, uma leguminosa e uma carne. À medida em que a criança vá crescendo, faça preparações bem atraentes com esses alimentos, principalmente com “os verdinhos”, que nem sempre são os favoritos da garotada. Em caso de recusa, ofereça outras vezes preparados de outras formas.

Como melhorar a absorção do ferro?

Alimentos cítricos, como a laranja, o limão, o maracujá, o abacaxi e a acerola aumentam a absorção do ferro e devem ser ingeridos juntamente com os alimentos fontes desse mineral. Além disso, aconselha-se a não ingerir alimentos ricos em cálcio (como leite e derivados), café e chás junto com alimentos-fonte de ferro, já que podem diminuir a sua absorção.

Summary
Article Name
Anemia infantil: o que você precisa saber
Author
Description
A anemia em crianças é muito comum pela carência de ferro no organismo. Conheça as suas causas, como prevenir a anemia e os alimentos fontes de ferro.

Categorias -

NATUELIFE
x