Dicas para quem quer parar de fumar e não sabe como

4 anos atrás  Por  Equipe Natue     Sem Comentários
Fumar é prejudicial à saúde e é altamente cancerígeno
Especial 29 de agosto: Dia Nacional de Combate ao Fumo

O cigarro pode ser relaxante e o companheiro ideal de uma cervejinha gelada, mas a longo prazo provoca graves prejuízos à saúde. Sozinho, o tabagismo mata mais que a AIDS, cocaína, heroína, álcool, suicídios, incêndios e acidentes de trânsito em conjunto.

O cigarro contém mais de 4.700 substâncias tóxicas que causam vicio físico e psíquico. Segundo o Ministério da Saúde, não existem níveis seguros para o consumo das substâncias do cigarro, principalmente porque o produto contém nicotina, um componente altamente prejudicial capaz de causar gangrena, que pode obstruir as artérias e dificultar a circulação do sangue.

O cigarro causa cerca de 200 mil mortes ao ano

O cigarro também é fator de risco para o desenvolvimento de diversos tipos de câncer, como o de pulmão, coração, garganta, boca, laringe, faringe, esôfago, pâncreas, rim, bexiga, colo de útero, estômago e fígado.

Segundo Cláudia Marins, coordenadora do Programa de Combate ao Tabagismo da cidade de Guapimirim, no Rio de Janeiro, o cigarro está associado a outras doenças. “Aterosclerose, tromboangeíte obliterante, hipertensão arterial, infecções respiratórias, leucemia, catarata, menopausa precoce, disfunção erétil e úlcera péptica são alguns dos malefícios do tabaco”, conta. Mas isso não vale somente para o cigarro, todos os derivados do tabaco entram nessa lista, como charuto, cigarrilhas e cachimbo.

Fumante inativo

Até aquele que não fuma, mas convive com um fumante em ambientes fechados, inalando a fumaça, está propício a desenvolver problemas, como irritações nos olhos, manifestações nasais, tosse, aumento de problemas alérgicos (principalmente das vias respiratórias) e aumento de problemas cardíacos, como elevação da pressão arterial e angina (dor no peito). Outro efeito a médio e longo prazo é a redução da capacidade funcional respiratória, ou seja, o quanto o pulmão é capaz de exercer a função.

O ar poluído com a fumaça de cigarro contém, em média, três vezes mais nicotina, três vezes mais monóxido de carbono e até cinquenta vezes mais substâncias cancerígenas do que a fumaça que entra pela boca do fumante depois de passar pelo filtro do cigarro. Segundo o Ministério da Saúde, o tabagismo passivo é a terceira maior causa de morte evitável no mundo, depois do tabagismo ativo e do consumo excessivo de álcool.

Veja os malefícios da absorção da fumaça do cigarro por aqueles que convivem em ambientes fechados com fumantes:

1- Em adultos não-fumantes
Risco 30% maior de câncer no pulmão e 24% maior de enfarte do que os não fumantes que não se expõem à fumaça do cigarro.

2- Em crianças
Crianças que ficam no mesmo ambiente de fumantes e inalam a fumaça têm maior risco de doenças respiratórias, como pneumonia, bronquite e agravo de asma.

3- Em bebês
Maior risco de doenças pulmonares até 1 ano de idade, proporcionalmente ao número de fumante em casa.

Por que parar de fumar?

Além de trazer benefícios físicos, como melhora no paladar, olfato, aumento da energia física e melhora na respiração, os riscos de adoecimento diminuem a cada dia sem fumar. Sem contar que o seu bolso agradece: a economia de dinheiro para quem deixa de fumar um maço por dia chega a mais de dois mil reais por ano.

5 motivos para você deixar de fumar, a curto, longo e médio prazo

1- Após 20 minutos sem fumar, a pressão sanguínea e o pulso voltam ao normal.
2- Após 24 horas, o monóxido de carbono é completamente eliminado do organismo.
3- Após 72 horas, a respiração se torna mais fácil e a disposição geral aumenta.
4- Após 1 ano, o risco de enfarte do miocárdio cai pela metade.
5- Após 10 anos, o risco de câncer de pulmão diminui para a metade e o de enfarte do miocárdio fica igual ao de quem nunca fumou.

12 passos para resistir ao desejo de fumar

1- Evite ambientes que remetam ao hábito de fumar.
2- Recuse cigarros ofertados por amigos, procure não se explicar muito para evitar controvérsias.
3- Evite tomar café e outras bebidas que lembrem o cigarro.
4- Escove os dentes imediatamente após as refeições.
5- Substitua o hábito de fumar por uma prática saudável, como meditação, dança, caminhada e leitura.
6- Aposte na atividade física.
7- Faça três profundas respirações a cada 2 horas, focando em pensamentos positivos.
8- O desejo de fumar passará rapidamente, em média em 5 minutos.
9- Pense em como estará mais saudável e disposto em pouco tempo.
10- Aumente o consumo de fibras, como farelo de aveia, frutas, legumes e folhas, que aumentam a sensação de saciedade.
11- Beba líquidos constantemente, como água, água de coco e sucos naturais.
12- Mantenha o firme propósito de não fumar e faça desse novo hábito a sua melhor escolha.

Summary
Article Name
Dicas para quem quer parar de fumar e não sabe como
Author
Description
Quer parar de fumar, mas não sabe como? Então separamos algumas dicas superpráticas para você largar o vício do cigarro! - NatueLife
Menu Blog
x