Dieta Dukan funciona, mas pode ter malefícios

5 anos atrás  Por  Equipe Natue     4 Comentários

dieta dukan

A grande preocupação com o peso leva a maioria das pessoas a seguir algum regime ou diferentes tipos de dieta restritivas para emagrecer, e que que podem trazer prejuízos para saúde, causando deficiência de vitaminas e minerais. Dentre as “dietas da moda”, uma das mais famosas é a dieta Dukan!

O que é dieta Dukan?

A dieta Dukan é um método de emagrecimento rápido idealizado pelo médico nutrólogo Pierre Dukan, após 35 anos de experiência na área de obesidade.

É composta por refeições baseadas em proteínas magras e legumes, oferecendo uma lista com 100 alimentos permitidos, sendo que 72 deles são de origem animal e 28 de origem vegetal, que podem ser consumidos à vontade de acordo com cada fase. A dieta é estruturada em quatro fases: as duas primeiras para perder peso e as outras duas para estabilizar e evitar o indesejado efeito sanfona.

Dieta Dukan: como fazer?

Confira as características de cada fase da dieta dr. Dukan:

  • 1ª fase (ataque): são permitidas todas as aves (exceto ganso e pato), todas as carnes magras (exceto costela), todos os peixes, laticínios (0% gordura), frutos do mar, ovos, iogurte desnatado, natural e 0% gordura, além de 1 ½ colher (sopa) de farelo de aveia. Ainda é indicado 20 minutos de caminhada ao dia.
  • 2ª fase (cruzeiro): são permitidas todas as proteínas acima citadas, com inclusão de verduras e legumes à vontade, com exceção da mandioca e batata.  Acrescenta-se mais ½ colher de farelo de aveia e mais 10 minutos de caminhada – essa fase se estende até que o peso necessário seja atingido.
  • 3ª fase (consolidação): introdução moderada de gorduras e carboidratos de boa qualidade: 2 fatias de pão integral por dia; 40g de queijo por dia; 2 porções de feculentos por semana (como feijão, ervilha, arroz integral); 2 frutas ao dia e 2 refeições de gala por semana (1 entrada, 1 prato principal, 1 sobremesa, 1 copo de bebida alcoólica). Deve-se acrescentar mais ½ colher (sopa) de farelo de aveia, totalizando 2,5 colher (sopa) ao dia. É indicado 25 minutos de caminhada por dia. O tempo de duração dessa fase é referente aos quilos perdidos, sendo 10 dias para cada quilo. Por exemplo, se você perder 6kg terá que manter esta fase por 60 dias.
  • 4ª fase (estabilização – para o resto da vida): a alimentação passa a ser praticamente livre, porém, com algumas regras a serem seguidas: 3 colheres de sopa de aveia (todos os dias), 1 dia de proteína pura por semana (dia fixo) e 20 minutos de caminhada por dia, além de, preferencialmente, trocar as escadas pelo elevador.

Dieta Dukan emagrece mesmo?

A dieta do dukan promete a perda de mais de 15 kg, sendo que logo na primeira fase pode haver perda de 1,5 kg a 5kg. Na segunda fase, a perda é de, em média, de 1kg por semana. Nas outras duas, não há perda de peso, apenas a manutenção e estabilização do peso perdido. No entanto, esses benefícios são apenas imediatistas.

Benefícios da Dieta Dukan

  • A dieta dukan funciona e promove rápida perda de peso por restringir diversos alimentos (em cada fase). Entretanto, este benefício ainda é contraditório, não só pela restrição alimentar, mas também devido à reação de cada organismo, que pode influenciar nos resultados.
  • O método dukan incentiva a prática de atividade física, uma vez que a caminhada diária faz parte do programa.

Dieta Dukan faz mal?

A dieta dukan faz mal em longo prazo e seus malefícios superam os benéficos, uma vez que pode trazer prejuízos para saúde:

  • Possui excesso de proteína de origem animal, que por sua vez é rica em gordura saturada, podendo ocasionar o aumento do colesterol. Além disso, o excesso de proteína pode sobrecarregar o fígado e os rins.
  • A falta de carboidratos nessa dieta pode provocar sintomas como falta de energia e disposição, mal-estar, tonturas, desmaios e dificuldade de concentração. Isso porque os carboidratos são a principal fonte de energia do organismo, especialmente para o cérebro. Além disso, a falta deste nutriente pode provocar uma vontade incontrolável por doces e massas (para suprir a necessidade de carboidratos no organismo).
  • A dieta dukan não promove reeducação alimentar e permite o consumo de qualquer alimento proteico, como os embutidos. Por ter um consumo elevado desses alimentos, também há uma elevada ingestão de sódio, nitrito e nitrato, que colaboram para gerar problemas de pressão por conta do sódio e aumentar o risco de câncer, uma vez que esses aditivos estão relacionados ao aparecimento da doença.
  • Não há equilíbrio nutricional, sendo uma dieta restritiva e pobre em vitaminas e minerais, podendo ocasionar deficiências nutricionais e consequente desequilíbrio do organismo.
  • É difícil mantê-la por um longo período de tempo, resultando em um rápido ganho de peso, além de favorecer o “efeito sanfona”.

É importante lembrar que para o emagrecimento eficaz e de forma saudável, o ideal é buscar a orientação de um nutricionista para uma avaliação individual e elaboração de um plano alimentar adequado às necessidades de cada um.

Adote essas dicas e viva de forma mais equilibrada e saudável! Para continuar acompanhando informações sobre alimentação saudável, atividade física e bem-estar, assine nossa newsletter e receba conteúdos em seu e-mail. Caso tenha dúvidas, deixe um comentário!

Summary
Article Name
Dieta Dukan funciona, mas pode ter malefícios
Author
Description
Dieta dukan: o que é e como fazer a famosa dieta da proteína. Conheça os alimentos permitidos e os proibidos e se vale a pena seguir este método
Menu Blog
x