DIETA MEDITERRÂNEA: CONFIRA SEUS BENEFÍCIOS

2 anos atrás  Por  Equipe Natue     Sem Comentários

Saiba como funciona a dieta mediterrânea

O QUE É A DIETA MEDITERRÂNEA?

Como o próprio nome diz, essa dieta é baseada na alimentação da população dos países que banham a região do mar mediterrâneo, como Itália, Grécia, Espanha e Líbano. Apesar de serem diferentes em relação à cultura, essas regiões compartilham características em comum, como temperatura, solo e clima, que favorecem o plantio e a colheita dos alimentos.

A dieta mediterrânea é caracterizada por ser rica em frutas, vegetais, cereais integrais e possuir elevada proporção de “gorduras boas”, o que melhora o perfil lipídico e diminui o risco de desenvolver doenças cardiovasculares, vantagem claramente evidenciada por um estudo realizado pela Universidade de Barcelona.


style="display:block; text-align:center;"
data-ad-layout="in-article"
data-ad-format="fluid"
data-ad-client="ca-pub-7878685036491382"
data-ad-slot="6234138731">

CARDÁPIO DA DIETA MEDITERRÂNEA E SEUS BENEFÍCIOS

A dieta do mediterrâneo preconiza a troca de gorduras ruins por gorduras boas, provenientes do azeite de oliva, azeitona, peixes, castanhas e nozes. A prática dessa dieta consiste no baixo consumo de produtos industrializados, gorduras, açúcar e doces.

As carnes vermelhas e o frango devem ser consumidos raramente, podendo ser trocados pelos peixes. Visa, ainda, o aumento da ingestão dos alimentos frescos e in natura como frutas, verduras, legumes e sementes. Queijos e iogurtes também fazem parte da rotina alimentar, priorizando sempre as opções magras.

Esse estilo alimentar pode evitar cerca de 30% das mortes por acidente vascular cerebral (AVC) e doenças do coração, devido à grande quantidade de gorduras boas e antioxidantes. Além disso, evidenciou-se que a dieta mediterrânea está associada à longevidade e melhora da qualidade de vida, reduzindo também o risco de doenças metabólicas e diabetes.

O consumo moderado de vinho também está liberado de vez em quando, mas sem exageros. O vinho contém resveratrol e polifenóis, antioxidantes que protegem as células dos danos causados pelo excesso de radicais livres. A recomendação é de uma taça por dia, acompanhando as refeições, desde que não haja nenhum problema de saúde.

DIETA MEDITERRÂNEA EMAGRECE?

Sim, além de fornecer diversos benefícios para saúde, a dieta mediterrânea emagrece, mas precisa estar associada com a prática de exercícios físicos. A perda de peso se deve principalmente pela troca de alimentos industrializados e “menos saudáveis” por alimentos in natura.


style="display:block; text-align:center;"
data-ad-layout="in-article"
data-ad-format="fluid"
data-ad-client="ca-pub-7878685036491382"
data-ad-slot="6234138731">

COMO FAZER A DIETA MEDITERRÂNEA

  • Substitua os óleos refinados, como óleo de soja e de milho, por azeite de oliva.
  • Inclua frutas, oleaginosas e sementes nas refeições intermediárias. Pode-se ainda incrementar as saladas com pouco de chia, castanhas, aveia ou coco ralado.
  • Dê preferência aos laticínios magros, como leite desnatado, iogurte natural e queijo branco.
  • Prepare os alimentos no vapor, cozidos ou assados. Evite frituras.
  • Priorize os grãos integrais, como arroz integral, e as fontes de proteínas vegetais, como lentilha, grão de bico e todos os tipos de feijões.
  • Diminua o consumo de sal, priorizando ervas e temperos naturais.
  • O suco de uva integral, de preferência orgânico, é uma ótima opção para substituir o vinho, pois oferece os mesmos benefícios, sem os efeitos prejudiciais do álcool.
  • Modere nas porções. Mesmo priorizando alimentos saudáveis, é preciso estar atento ao consumo exagerado, que pode contribuir para aumento no peso.

CONTRAINDICAÇÕES DA DIETA MEDITERRÂNEA?

Não há contraindicação para quem deseja fazer a dieta mediterrânea, principalmente por priorizar o consumo de alimentos mais saudáveis. Em casos de problemas de saúde específicos, é indicado consultar um nutricionista antes de iniciar qualquer dieta. Pessoas com restrições ao consumo de bebidas alcoólicas devem cortar o vinho da dieta.


style="display:block; text-align:center;"
data-ad-layout="in-article"
data-ad-format="fluid"
data-ad-client="ca-pub-7878685036491382"
data-ad-slot="6234138731">

DIETA MEDITERRÂNEA: RECEITAS

Salada fetuche

É um tipo de salada com alface, pepino e rabanete e pão sírio. Veja como preparar.

Salada de grãos e beterraba

Fonte de fibras e antioxidantes, essa salada é uma ótima opção para deixar as refeições mais saudáveis. Veja como fazer.

Tabule de quinoa

A quinoa é um grão que fornece todos os aminoácidos essenciais que o corpo não produz, por isso, este tabule é uma opção completa de refeição. Veja como preparar.

Cogumelos recheados com castanha

Esta receita pode ser uma opção para prato principal, substituindo os alimentos de origem vegetal. Confira como fazer.

Salmão ao molho de laranja

Está receita é prática e rápida e tem um toque especial do molho de laranja, uma maneira de variar o consumo do peixe. Veja como preparar.

Adote essas dicas e viva de forma mais equilibrada e saudável! Para continuar acompanhando informações sobre alimentação saudável, atividade física e bem-estar, assine nossa newsletter e receba conteúdos em seu e-mail. Caso tenha dúvidas, deixe um comentário!


style="display:block; text-align:center;"
data-ad-layout="in-article"
data-ad-format="fluid"
data-ad-client="ca-pub-7878685036491382"
data-ad-slot="6234138731">

Summary
Article Name
DIETA MEDITERRÂNEA: CONFIRA SEUS BENEFÍCIOS
Author
Description
Saiba mais sobre a dieta mediterrânea, padrão alimentar que pode colaborar para a perda de peso e prevenção de doenças cardiovasculares. Confira
NATUELIFE
x