Glucosamina, condroitina e cartilagem de tubarão: bons para articulações?

3 anos atrás  Por  Equipe Natue     Sem Comentários

cartilagem_tubarão

A osteoartrite é a forma mais comum da artrite, causa degradação da cartilagem das articulações do quadril e joelho. A doença atinge principalmente pessoas com mais de 50 anos, mas jovens também podem apresentar sintomas da osteoartrite, como dor, rigidez e deformação na articulação, que acabam prejudicando a sua qualidade de vida saudável.

Para minimizar a dor, são aplicados diversos métodos de tratamento, como fisioterapia e acupuntura. Além disso, o uso de glucosamina e condroitina é muito comum para combater a osteoartrite, já que essas substâncias podem aumentar a síntese da matriz cartilaginosa, evitando a degradação da cartilagem. A cartilagem de tubarão também é muito utilizada para esse fim, pois também favorece a saúde articular. Mas, será que essas substâncias são realmente eficazes para o tratamento da osteoartrite?

A glucosamina é encontrada no nosso organismo na forma de glicosamina 6-fosfato e participa da formação da pele, ossos, unhas, do aparelho respiratório, tendões, ligamentos e articulações. Ainda atua na síntese do líquido sinovial, um fluído incolor e viscoso encontrado na cavidade articular, e na produção de proteoglicanas – substâncias que absorvem o impacto na cartilagem.

Já a condroitina é um composto presente em diversos tecidos, como a cartilagem hialina, que promove a síntese da cartilagem. Essa substância é capaz de reter água, o que favorece os mecanismos elásticos da cartilagem.

A associação da glucosamina com a condroitina é muito comum no tratamento de males nas articulações, já que podem promover melhora nesses tecidos em pessoas saudáveis. Entretanto, não existem comprovações de que ambas podem ajudar no tratamento daqueles que já apresentam a osteoartrite no quadril ou joelho.

Por sua vez, a cartilagem de tubarão costuma ser utilizada para o tratamento de diversas doenças, inclusive a osteoartrite, pois acredita-se que ela melhora a flexibilidade articular e mantém a saúde dos ossos. A cartilagem também é comumente usada para o tratamento de câncer e psoríase.

No entanto, também não há evidências que comprovem a eficácia da cartilagem de tubarão para essas doenças. Além disso, ela pode apresentar alguns efeitos colaterais, como dor estomacal, náusea e aumento do nível de cálcio.

Mantenha a saúde das articulações em dia

articulações_cartilagem

O ditado já diz: prevenção é o melhor remédio! E isso não é diferente para as articulações. Confira algumas dicas para fortalecer a articulação e evitar seu desgaste:

  • Mantenha uma alimentação rica em nutrientes como vitamina C, silício e zinco, pois participam da produção de colágeno, responsável por estruturar as articulações.
  • Consuma alimentos como cúrcuma, linhaça e abacate, que têm ação anti-inflamatória importante para a articulação e ossos.
  • Pratique exercícios físicos que fortaleçam os músculos, promovendo mais estabilidade nas articulações. Alongamento e caminhadas também são ótimos para a saúde articular.
  • Evite o excesso de açúcar e refrigerantes, que podem aumentar o risco de inflamação na articulação, além de diminuir o cálcio dos ossos.


style="display:block; text-align:center;"
data-ad-layout="in-article"
data-ad-format="fluid"
data-ad-client="ca-pub-7878685036491382"
data-ad-slot="6234138731">

Summary
Article Name
Glucosamina, condroitina e cartilagem de tubarão: bons para articulações?
Author
Description
Saiba se a glucosamina, condroitina e cartilagem de tubarão realmente funcionam para minimizar a dor da osteoartrite, uma forma mais comum da artrite.

Categorias -

NATUELIFE
x