Você já ouviu falar em coenzima Q-10?

3 anos atrás  Por  Equipe Natue     Sem Comentários

coenzimaQ10_capa

por Nature’s Bounty

A coenzima Q-10, também chamada de Ubiquinona ou Vitamina Q-10, é um nutriente pouco conhecido, mas muito importante para a saúde. Além de ser produzida pelo nosso corpo, essa coenzima pode ser consumida, em menor quantidade, através de alimentos como sardinha, carnes em geral, pistache, nozes e soja1.

No nosso corpo a coenzima Q-10 está presente em maior concentração em órgãos que precisam de maior quantidade de energia, como cérebro, coração, fígado e rins.  Esse nutriente é um excelente antioxidante, evitando a formação de radicais livres2, tem ação anti-inflamatória e neuroprotetora3,4, auxilia na diminuição de dores em geral e em quadros de enxaqueca1. Uma das suas principais funções está relacionada à produção de energia1, mas a atividade da Coenzima Q10 é bastante variada, colaborando para a saúde dos ossos5,6, músculos7, cérebro1, pele, entre outros.

A Coenzima Q-10 também tem função importante para a saúde do coração, colaborando para o aumento da função cardíaca8 e melhora de sintomas cardiovasculares9, além da redução da inflamação em pacientes durante o tratamento com estatinas10, um dos medicamentos mais prescritos no mundo e que promove a redução dos níveis sanguíneos de Coenzima Q-101, tornando ainda mais importante o consumo e suplementação desse nutriente.

De acordo com a ciência, são observados baixos níveis de Co Q-10 no miocárdio de pacientes com insuficiência cardíaca e em pessoas que sofreram parada cardíaca11,12. Sua deficiência é comum em portadores dessas e de outras doenças e em indivíduos com mais de 30 anos, pela diminuição da produção que acontece com a idade. Como a ingestão de Co Q-10 através da dieta costuma ser insuficiente, sua suplementação se faz necessária2.

Para praticantes de atividade física essa coenzima também é indicada, pois além da sua ação antioxidante e seu papel na produção de energia, a Coenzima Q-10 contribui para redução da dor muscular e fadiga e seus níveis adequados tem efeito benéfico sobre o rendimento e redução da fadiga na prática esportiva, em exercícios de alta ou baixa intensidade1.

“A coenzima Q-10 é um nutriente que oferece diversos benefícios para a saúde. Com a idade, nosso corpo diminui a sua produção e isso pode ter um impacto negativo para a saúde e bem-estar. Por isso, a suplementação é tão importante”, conclui a nutricionista Bruna Bellusci.

Referências bibliográficas

  1. Paschoal V, Marques N, Sant’Anna V. Nutrição Clínica Funcional: Suplementação Nutricional (Volume II). São Paulo. Valéria Paschoal Editora. 2015.

  2. Potgieter M, Pretorius E, Pepper MS. Primary and scondary coenzyme Q-10 deficiency: the role of therapeutic supplementation. Nutr Rev. 2013 Mar;71(3):180-8. doi: 10.1111/nure.12011. Epub 2013 Jan 30.
  3. Morris G, Anderson G, Berk M, Maes M. Coenzyme Q10 depletion in medical neuropsychiatric disorders: potential repercussions and therapeutic implications. Mol Neurobiol. 2013 Dec; 48(3):883-903. doi: 10.1007/s12035-013-8477-8. Epub 2013 Jun 13.
  4. Kuračka L, Kalnovičová T, Kucharská J, Turčáni P. Multiple Sclerosis: Evaluation of Purine Nucleotide Metabolism in Central Nervous System in Association with Serum Levels of Selected Fat-Soluble Antioxidants. MultScler Int. 2014; 2014: 759808. Published online May 6, 2014. doi: 10.1155/2014/759808.
  5. Moon HJ, Ko WK, Jung MS, Kim JH, Lee WJ, Park KS, Heo JK, Bang JB, Kwon IK. Coenzyme q10 regulates ostroclast and osteoblast differentiation. J Food Sci. 2013 May;78(5):H785-891.
  6. Lee J, Hong YS, Jeong JH, Yang EJ, Jhun JY, Park MK, Jung YO, Min JK, Kim HY, Park SH, Cho ML. Coenzyme Q10 ameliorates pain and cartilage degradation in a rat model of osteoarthritis by regulating nitric oxide and inflammatory cytokines. PLoS One. 2013 Jul 22; 8(7):e69362.
  7. Morris G, Anderson G, Berk M, Maes M. Coenzyme Q10 depletion in medical neuropsychiatric disorders: potential repercussions and therapeutic implications. Mol Neurobiol. 2013 Dec; 48(3):883-903. doi: 10.1007/s12035-013-8477-8. Epub 2013 Jun 13.
  8. Fotino AD, Thompson-Paul AM, Bazzano LA. Effect of coenzyme Q(1)(0) supplementation on heart failure: a meta-analysis. Am J Clin Nutr 2013;97:268–75.
  9. Florkowski CM, Molyneux SL, Young JM. Coenzyme Q-10 and congestive heart failure: na envolving evidence base. Kardiologia Polska 2015; 73, 2: 73–79; doi: 10.5603/KP.2015.0015.
  10. Lee BJ, Tseng YF, Yeh CH, Lin PT. Effects of coenzyme Q-10 supplementation (300 mg/day) on antioxidation and anti-inflammation in coronary artery disease patients during statins therapy: a randomized, placebo-controlled trial. Nutr J. 2013 Nov 6;12(1):4-15. doi: 10.1016/1475-2891-12-142.
  11. Sahade V, Montera VSP. Tratamento nutricional em pacientes com insuficiência cardíaca. Rev. Nutr., Campinas, 22(3):399-408, maio/jun., 2009.
  12. Cocchi MN, Giberson B, Berg K, Salciccioli JD, Naini A, Buettner C, Akuthota, Gautam S, Donnino MW. Coenzyme Q10 levels are low and associated with increased mortality in post-cardiac arrest patients resuscitation. Aug 2012; 83(8): 991-995. Published online Mar 28, 2012. doi: 10.1016/j.resuscitation.2012.03.023.
Summary
Article Name
Você já ouviu falar em coenzima Q-10?
Author
Description
A coenzima Q-10 é um nutriente pouco conhecido, mas muito importante para a saúde. Descubra por quê!
Menu Blog
x