Saciedade - 56 produtos
Produtos sem estoque.
Página 1
Saciedade

Saciedade

Saciedade da fome? Bom, na verdade é o contrário! A saciedade diminui o nosso apetite, é aquela sensação de saciação ou, em outras palavras, plenitude. Saiba como aumentar a saciedade e muito mais!

+

(Saiba mais)

A saciedade nada mais é do que aquela sensação de que estamos satisfeitos após uma refeição. Em outras palavras, pode-se dizer que a saciedade é uma resposta do nosso organismo para avisar que não é preciso comer mais. Sendo assim, a sensação de saciedade é de extrema importância para evitar que a gente coma mais do que realmente deveria, gerando problemas como o ganho excessivo de peso, por exemplo, já que todo alimento em excesso – se não utilizado para gerar energia – se acumula na forma de gordura.
+

(Saiba mais)

A saciedade é regulada por meio de vários estímulos no nosso corpo, incluindo distensão gástrica e estímulos hormonais. O primeiro sinal é a presença de alimento no nosso estômago, seja pela quantidade em si ou pela composição do alimento, já que quanto maior o teor de gordura, mais tempo ele levará para ser digerido, fazendo com que permaneça mais tempo no nosso estômago. Conforme vamos nos alimentando, nosso estômago vai se distendendo por conta da presença de alimento, um dos sinais para “avisar” que estamos ficando satisfeitos.

Depois que o alimento chega ao nosso intestino, outro sinal é enviado para o nosso cérebro regular o apetite. Nesta etapa, o intestino libera um hormônio conhecido como colecistocinina, que por sua vez é liberado devido à presença de proteínas e gorduras nos alimentos.

A nossa composição corporal também está evolvida nesse processo. O que acontece é que o nosso tecido adiposo (tecido de gordura) libera um hormônio chamado leptina, que por sua vez indica a quantidade de gordura corporal. Esse hormônio vai para a corrente sanguínea e chega ao nosso cérebro para inibir a ingestão de alimentos. Assim, podemos dizer que quanto maior a quantidade de leptina, maior a sensação de saciedade.
+

(Saiba mais)

A saciedade precoce está relacionada com a sensação de plenitude após ter comido uma quantidade pequena de alimentos ou antes de terminar uma refeição de tamanho normal. Normalmente, a saciedade precoce está envolvida com a presença de algumas doenças, por isso, nesses casos, é importante consultar um médico.
+

(Saiba mais)

Antes de mais nada, vale lembrar que o nosso cérebro leva em média de 20 a 30 minutos para perceber que o nosso estômago está cheio, por isso, para aumentar a saciedade alimentar, o ideal é comer devagar, sem pressa!

Outra dica importante é incluir alimentos ricos em fibras no cardápio, iniciando o almoço e o jantar com um belo prato de saladas, além de evitar longos períodos em jejum, buscando fazer em média 6 refeições por dia e se alimentar de 3 em 3 horas.
(Saiba mais)

Além das fibras, as proteínas também são grandes aliadas quando o assunto é saciedade, já que a presença de aminoácidos estimula a liberação de hormônios, como a colecistocinina, que ajudam a regular nosso apetite.
(Saiba mais)

Você sabia que existe uma relação entre alimentos x saciedade? Pois bem, alguns alimentos podem ser grandes aliados para regular nosso apetite. Confira!
  • Salada de folhas cruas: alface, agrião e rúcula estimulam a sensação de saciedade por serem ricos em fibras e exigir boa mastigação.
  • Frutas em geral (especialmente as frutas com casca, como a maçã), aveia, chia e linhaça também são ricas em fibras que regulam o apetite.
  • Castanhas, nozes, amêndoas e outras oleaginosas são ricas em gorduras do bem, que são digeridas mais devagar, promovendo a sensação de saciedade.
+

(Saiba mais)

Nesta seção da Natue, você encontra diversas opções de alimentos e produtos naturais para ajudar a aumentar a saciedade alimentar!